sexta-feira, fevereiro 10, 2017

RETROESCAVADEIRA DA PREFEITURA DE BARRO PRETO ESTÁ DESAPARECIDA




Uma máquina retroescavadeira adquirida pela ex-prefeita, Jaqueline Mota através do programa de aceleração do crescimento PAC 2, para servir ao município de Barro Preto está desaparecida. 

Até agora ninguém conhece o paradeiro do equipamento. A última vez que foi visto foi há uma semana atrás quando estava em cima de um caminhão Azul, na frente da casa do Ex-vice prefeito, Paulo Mamão durante a madrugada. 

Rumores na cidade dão conta que o equipamento pode ter sido levado para Barra Grande, em Maraú, onde serviria ao empreendimento imobiliário pertencente à pessoas ligadas ao atual governo de Barro Preto. Esta informação ainda foi confirmada pela nossa reportagem, que segue investigando o padeiro da retroescavadeira.
Ex-Prefeita Jaqueline acompanhada do deputado Zé Neto e do Ex-Secretário José Santana
O Ministério Público já tomou conhecimento do sumiço e deve a qualquer momento solicitar à Prefeita Ana Simões Clementino informações do paradeiro do equipamento.

No governo anterior, a máquina foi de grande utilidade para recuperação de estradas, entre outras atividades de interesse da municipalidade. 

quarta-feira, fevereiro 08, 2017

BARRO PRETO: PREFEITA ANA CREMENTINO NÃO SABE QUAL O VALOR DA FOLHA DA CIDADE


A prefeita do PMDB, Ana Simões Crementino deu entrevista no programa do radialista Jota Silva, na Rádio Jornal de Itabuna para tentar justificar os motivos do não pagamento do salário dos funcionários do município.

A prefeita iniciou dizendo que o atraso se deu por conta de um novo sistema da E&L que ainda está em teste.

A E&L é uma empresa que produz software, com sede no Espírito Santo. Uma empresa com larga experiência, com 23 anos no mercado e que inclusive  atendeu a gestão da Ex-Prefeita, Jaqueline Mota. O sistema é o mesmo, não mudou absolutamente nada, portanto, não está em fase de experiência como disse Ana Crementino.

Uma outra aberração foi o momento que o radialista perguntou a Crementino qual o valor da folha e a prefeita não soube informar. Fingiu que não estava escutando a pergunta, enquanto isso perguntava para alguém que estava na sala, como pode ser ouvido no áudio. O Radialista por sua vez não perdoou a prefeita, insistiu com a pergunta por mais 3 vezes. Até que Ana sem certeza e com voz trêmula disse que a folha do município de Barro Preto chegava em torno de 500 e poucos mil reais.

Outro momento que a prefeita faltou com a verdade, foi quando afirmou que as escolas municipais foram encontradas abandonadas. Como é de conhecimento da grande maioria da população Barropretense, todas as escolas passaram por requalificação todo início de ano na gestão de Jaqueline. Inclusive, na gestão passada a prefeita Jaqueline inaugurou a única creche que atende as crianças do município.

Creche essa que foi deixada em ruínas pela administração de Adriano Crementino, esposo e atual Secretário de Administração de Ana.

terça-feira, fevereiro 07, 2017

BARRO PRETO: PREFEITA JÁ ATRASA SALÁRIO DE FUNCIONÁRIOS NO PRIMEIRO MÊS DE GOVERNO


Mesmo com dinheiro na conta, a prefeita de Barro Preto, Ana Simões Clementino, ainda não pagou o salário de janeiro dos servidores municipais. A receita do municipio chegou a quase R$ 2.000,000,00 (dois milhões de reais ). 

O governo usa a desculpa de que a ex-prefeita,  Jaqueline Motta, teria demitido alguns funcionários em dezembro, e esse seria o motivo do atraso. Claro que é apenas uma desculpa o fato não é verdadeiro e mesmo se fosse não justificaria o atraso dos pagamentos.

Além de não honrar com o pagamento do funcionário, o governo  ainda não conseguiu dá um choque de gestão na administração o que se vê na cidade é a falta de médicos no Hospital Nossa Senhora da Conceição e nos postos de saúde, coleta de lixo deficitária, o mato que  toma conta das ruas, a constante falta de água, ruas sem iluminação pública, e apenas um governo que incha a folha com a contratação e nomeação de parentes.

A Prefeita Ana Clementino, como até agora não conseguiu se encontrar na administração coloca a culpa na gestão anterior. Informações chegadas a nossa redação dão conta que o governo só pretende honrar com pagamentos dos salários após o dia 10 (dez) de fevereiro.

terça-feira, janeiro 31, 2017

CONTRATO EMERGENCIAL COM CARRO DO LIXO QUASE PROVOCA TRAGÉDIA EM BARRO PRETO


O decreto de emergência assinado pela prefeita de Barro Preto Ana Paula a mando do marido dela, Adriano Clementino Secretario de Administração do município, já começou a dá os primeiros resultados.

Na manhã dessa última segunda feira dia 30, uma tragédia em grandes proporções quase tira a vida de varias pessoas, o caminhão do lixo com placa de Buerarema JLF-0747 contratado de maneira suspeita, contrato este que será investigado pelo Ministério Público da Bahia, faltou freio e atingiu dois veículos, só não invadiu uma casa porque os veículos atingidos estavam na frente.

A falta de manutenção em veículo de grande porte são as principais causas de acidentes graves, provocando lesões graves e até mortes. 

O decreto emergencial assinado desnecessariamente permite que gestores mau intencionados faça contratos suspeitos com intuito de desviar recursos públicos, o Tribunal de contas dos Municípios irá investigar todos os Municípios que decretaram emergência.


quarta-feira, janeiro 25, 2017

PREFEITA DE BARRO PRETO SÓ RECLAMA E ATÉ AGORA NÃO DISSE PARA QUE VEIO


Até o presente momento a Prefeita de Barro Preto, Ana Paula Simões não disse para que veio. Ganhou a eleição e não para de reclamar. Reclama nas redes sociais, reclama nos blogs que tem controle e nas reuniões que vem fazendo.

Até agora não apresentou solução para os problemas do dia-a-dia da cidade. Certamente por desinformação, a Prefeita se utiliza das redes sociais para questionar a Construção do Posto de Saúde, da região da Jussara. 

Muito provavelmente a prefeita não sabe que obras públicas são executadas por etapa. À proporção que o município recebe os recursos a obra vai surgindo. Se o governo federal não encaminha o recurso é natural que a obra pare. 

Por falta de repasses do governo federal, diversas obras estão paradas no país inteiro. É bom lembrar que a partir da posse de Ana, a responsabilidade de ir atrás dos recursos e tocar a obra depende dela.

sábado, janeiro 21, 2017

PREFEITO DE BARRO PRETO NÃO PAGOU SALÁRIO PORQUE NÃO QUIS


R$ 313.265,13 (Trezentos e treze mil duzentos e sessenta e cinco reais e treze centavos) esse foi o valor que a ex prefeita Jaqueline Motta deixou na conta do FPM do Município de Barro Preto, dinheiro mais que  suficiente para quitar a folha de alguns funcionários da área de saúde que por questões burocrática do banco Bradesco ficaram sem receber.

A folha no total de 34.000, 00 (Trinta e quatro mil reais) desses funcionários ficou empenhada e liquidada , isso significa dizer que o Prefeito tem obrigação de pagar, especialmente porque a ex- gestora deixou dinheiro em conta. 

É estranho que já estamos no vigésimo dia do mês de janeiro e até agora o Prefeito Clementino não cumpriu com as suas obrigações, é estranho também o fato do Prefeito ter decretado estado de emergência no Município quando na verdade não havia necessidade. 

Rumores na cidade dão conta de que o Prefeito tem interesse de fazer farra com este recurso que ficou em conta, o Tribunal de Contas dos Municípios vai investigar os Prefeitos que decretaram sem necessidade estado de emergência com objetivos espúrios.

Informações chegadas a redação do Barro Pretoacontece dão conta de que servidores municipais preparam uma manifestação para o dia 24 (terça-feira) com a suspensão dos serviços na área de saúde caso Clementino não pague o que está devendo